ÚNICOS E DESCONTRAÍDOS: A GERAÇÃO Z NASCEU CONECTADA AO WI-FI

separator

ESTARÁ A SUA MARCA PREPARADA PARA OS ACOMPANHAR?

Nascida na era da internet, a Geração Z vem mudar hábitos de consumo e fazer as marcas repensar como comunicam. A entrar agora na idade adulta, esta geração nunca conheceu o mundo sem estar conectado ao wi-fi. Por isso, a naturalidade com que encaram a tecnologia e o digital é intrínseca e muito diferente das gerações anteriores. Estarão as marcas preparadas para dar o salto intergeracional?

As marcas estão atualmente muito focadas na geração Millennial. Adotaram estratégias de comunicação focadas num consumo imediato e impaciente desta geração multiconectada e centrada no “eu”. É agora imperativo entender o que distingue a nova geração de consumidores e como as marcas podem sobressair no meio de hábitos de consumo sem fronteiras.

 

A Geração Z

Se pudéssemos definir a Geração Z numa palavra, ÚNICOS é a que melhor reflete a sua forma de estar. São orientados para o sucesso, para as questões sociais e dão importância à criação de valor. Querem marcas verdadeiras e, acima de tudo, únicas e autênticas. Acreditam que a igualdade não é negociável e fazem questão de se distinguir. É precisamente nesse ponto que as marcas podem atuar como fator diferenciador e criar uma relação próxima com estes consumidores.

Usam uma linguagem muito própria baseada no digital (exemplo disso é a crescente predominância e diversidade dos emojis) para exercer uma liberdade crítica de forma descontraída e informal. E até mesmo humorística. Compreendem a tecnologia e adaptam-se a novas realidades com muita facilidade. Contudo, a alta velocidade de resposta e a impaciência são também fatores a ter em conta.

 

São estas caraterísticas irreverentes, face aos Millennials que tanto fizeram pensar e repensar as marcas nos últimos anos, que os posicionam como novos consumidores.

Pense no produto, reflita no seu valor e defina o seu posicionamento. Só com um target bem definido pode encontrar a melhor estratégia para comunicar. X, Y ou Z? As marcas terão de aprender a conviver com todos!

Teresa Juncal Pires, Diretora de Comunicação