Andar, andar… mas sem saber para onde!

separator

Quase sempre, quando estamos a auditar para desenvolver uma estratégia de comunicação, quando perguntamos ao cliente qual é o seu objetivo com essa estratégia… a resposta é quase sempre vazia em termos concretos e quantitativos. O que ouvimos mais é:

Quero vender mais!
Mas mais quanto? Quanto vendeu este ano? Qual a expetativa de crescimento?…

Quero aumentar os gostos no Facebook!
Mas porquê? Para aumentar a faturação como? Aumentar quanto e em que direção? A quem quer chegar? E porquê nessa rede social?

As perguntas que colocamos exigem respostas claras desde início. Só assim será possível balizar o sucesso e o insucesso de determinada estratégia de comunicação.
E só assim será possível o gestor determinar com realidade o que quer com a Comunicação. Onde quer chegar e porquê. Que métricas deve analisar e qual o objetivo da tática aplicada. Hoje em dia, os dados são tantos que facilmente iludem e fazem perder o foco.

Com esses dados, nós, Assessores de Comunicação, enquanto definidores da estratégia, vamos conseguir determinar qual o verdadeiro desafio. Qual o problema que nos irá impedir de conseguir atingir esse objetivo real, concreto e quantitativo. Temos de estudar e analisar todas as variantes para definir o ponto fraco e só depois de o encontrar é que conseguiremos ser assertivos no caminho! Caso contrário, estamos a andar, andar… mas sem saber para onde!

Sofia Monteiro, Diretora Adjunta